Sou Negro!



Sou branco de sangue negro, do ketu eu sou baiano;
Sou índio, ameríndio, caboclo lindo, sou banto caucasiano;
Sou criança inocente, velho sabido, nagô, eu sou angolano.
Sou dos rios, lagos e cascatas, eu sou do mar;
Sou da mata, vales e montanhas, do fogo, eu sou do ar
Sou de Oxalá, Zambi, Olorum, do Orum, é meu lugar.
Sou do axé, ijexá, samba de roda, do caboclo boiadeiro;
Sou do Ogum, Iansã, de balé, do santo padroeiro;
Sou da Bahia de todos os santos, do tambor, sou brasileiro.
Sou carpinteiro, médico, profeta, eu sou alquimista;
Sou ovelha, pastor, sacerdote, São João, eu sou batista;
Sou do amor fraterno de Aruanda, na Terra, sou Umbandista.


3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo,tudo bem ?

    Hoje pela manhã,estava a atualizar meu blog,e sempre que posso ,venho aqui apreciar suas Boas Postagens..

    Quem escreveu ,estas lindas palavras está ,de parabéns,pois foi Iluminado por Oxalá ,ao criar coisas tão belas.

    Um Fraterno Abraço !

    ResponderExcluir
  3. Nossa muito lindo esse poema, está de parabéns.Salve a malandragem ......Parabéns pelo blog ,axé...

    ResponderExcluir